Colômbia: Somos imortais!

“Somos imortais até Deus cumprir seu propósito em nossa vida!”

Esta é uma realidade na vida de 1 milhão de cristãos que sofrem perseguição, por causa do Evangelho de Jesus, na Colômbia.

Mesmo com a liberdade de religião que é garantida na Constituição do país, a Igreja nas Montanhas da Colômbia vive em outra realidade.

Quando missionários evangélicos, vindo de outros países, foram fortemente perseguidos pela igreja (católica) do governo, no início do século XX,  se refugiaram nas montanhas. Hoje em cada vilarejo, a presença de uma igreja evangélica, é viva e atuante, apesar das pressões das guerrilhas (FARC) e Paramilitares. Estes dois grupos atuantes no momento, agindo com violência contra pastores e líderes deixam um rastro de dor: viúvas, órfãos, sequestros, estupros e cristãos expulsos de suas propriedades, gerando fome e falta de estrutura para uma vida digna.

A “Igreja livre”, nas cidades maiores, nem sempre toma conhecimento ou se envolve com estes irmãos, por diferentes motivos.

Mas a igreja nas montanhas precisa de oração, suprimento, apoio, e saber que não estão esquecidos pelo corpo de Cristo, inclusive em outros países, como o Brasil.

Em julho 2012, junto com a equipe de 13 brasileiros Apaixonados por Missões, conheci esta realidade, no norte do país. Visitando famílias de pastores, viúvas, órfãos, desalojados, irmãs que sofreram muita violência e irmãos que participaram de guerrilhas. Abraçamos, choramos, tentamos suprir as muitas necessidades; brincamos com crianças, futebol com jovens; saúde básica (com apoio de irmãos colombianos), dentista, corte cabelo. Mas o marcante foi ouvir as suas orações (de perdão ao inimigo, gratidão a Deus) e louvor que brota de lábios “tocados com as brasas do altar de Deus”.

O lema de um dos pastores e sua esposa , líder de 245 congregações,(80% na área de conflitos), testemunha pessoal de muita atrocidade, inclusive na família, toca e anima nosso coração.

“Vamos semeando a palavra de Deus, regando com nossas lágrimas e confiando no dono da seara, sabendo que colheremos com alegria”  Sl 126. 5 e 6.

A alegria e gratidão por nossa presença, inédita nesta região, apesar das dificuldades enfrentadas pela equipe, foi nossa maior recompensa.

Fui animada a continuar a fim de proclamar a vitória do Senhor Jesus, na vida desta igreja que está sendo forjada no fogo da perseguição.

Retornei em 2013 para participar de uma Brigada Médica para atuar num “LAR DE AMOR” mantido pela Missão Portas Abertas que acolhe órfão e crianças ou jovens, filhos de pastores e lideres cristão em áreas de alto risco. Pude abraçar filhos dos pais que conheci lá nas montanhas ou órfão dos pais mortos por causa da sua fé em Jesus!

Em 2014 conheci a dura realidade dos cristãos indígenas, perseguidos por causa da sua fé, pela sua família e próprios indígenas. São expulsos, perdem seus direitos para saúde e educação, tornando se um povo em extrema necessidade. Mas fiéis ao Senhor Jesus!

Também no retorno as montanhas, onde a Igreja de campesinos continua fiel mas provada no fogo dos maltrato, mortes e expulsos de suas terras pelas guerrilhas dos paramilitares.  Ao abraça lós, orar e chorar com eles, ajudar em algumas necessidades que são tantas, é a extensão do Corpo de Cristo. Saberem que a Igreja em outros países, Brasil, Cuba e África ora por eles, os mantem animados e firmes na sua fé.

Em 2015 o casal de pastores responsáveis por 245 congregações, veio ao Brasil para uns dias de férias e fortalecimento na comunhão da Igreja, em especial no Rio Grande do Sul.

Motivos de ORAÇÃO:

1- Testemunho dos irmãos impacte os guerrilheiros e a nação.

2- Mudança nos corações do povo e não vingança.

3- Que a igreja “livre” das cidades se importe e ajude seus irmãos das montanhas e indígenas.

4- Que o governo possa suprir as necessidades básicas(saúde, educação,transporte) deste povo.

Você está a fim de proclamar? Apoiar? Ou ir até lá abraçá-los?

Em Cristo Jesus,

Ingrid  Hort – Secretária

1-UmemCristo

Um em Cristo

2-Apoiandoquemsofre

Apoiando quem sofre

3-Igrejanasmontanhas

Igreja nas montanhas

4-orando

Em oração

5-PrecoquepagampornaoNEGARJESUS

O preço por não negar Jesus!

6-pastoresvemdelongeparaestudosecomunhao

Pastores vem de longe para estudos e comunhão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*